Artigo sobre planos de consciência.
Future Predictions

News and Articles

The sharing of our content aims to inspire and appeal to a more conscientious life,
both in our inner and outer world, for a more harmonious planet for all living beings.
We talk about sustainability, love, ecology, spirituality, science, humanity, society, and other topics that promote a better world in the present and for the children's future.

Blog by myholystic

Sobre os Sete Planos/Corpos de Consciência à luz dos Himalayas e a cura activa (PT)

BY External Author |

Na nossa vivência, experiência humana enquanto espíritos, descemos à Terra para vivenciar, experenciar e colecionar momentos da própria existência. Navegamos como sendo as mãos da unidade. Unidade sem fronteiras que tudo cria e abarca, sendo tudo eterno, onde Tudo É, tudo Há e não pode não Ser.

Nesta perspectiva, o corpo humano é septenário, portanto composto por 7 planos de consciência distintos e onde fazemo-nos transportar ao longo desta existência. Estes planos, em última instância, fazem parte do mesmo, da unidade que tudo une, que é Deus, numa perspectiva do criador, arquitecto do/dos universo(s).

 

Torna-se importante, para quem é interessado em desenvolvimento humano consciêncial e para quem pretende desenvolver habilidade em restabelecer a saude do seu corpo físico, compreender em que contexto os planos interagem, como se manifestam e se diferenciam uns dos outros para se possa detectar a origem de determinada doença, especialmente as do foro psicossomático.

 

Podemos dividir os 7 planos em quatro mais densos e três mais subtis, distintos duma perspectiva dual, sendo que entre eles há uma ponte que os une. Esta ponte é referida, nas várias tradições espirituais da história da humanidade, como sendo o caminho a percorrer entre a a personalidade e a alma, em que a cada passo dá-se uma maior inspiração da alma, ou seja, do Amor sobre a personalidade.

Desta forma, do mais denso para o mais subtil temos os planos: físico, o etérico, o astral, e o mental inferior, correspondentes ao quaternário, o mental superior, Budhi, e Atman, correspondentes à trindade.

Cada plano é alimentado pela energia Fohat do plano que lhe antecede mais subtil. Fohat – energia transportadora de toda a vitalidade universal original imprescindível para restabelecer a cura, por ser a fonte da energia vital. Portanto é neste antecessor que está impressa toda a informação alenta de vida que alimentará, programará e manejará o plano imediatamente inferior e dará instruções para que a materialização aconteça sobre determinado propósito e sobre determinada forma, com determinada missão e luz. Esta energia comporta-se como elixir da vida, que uma vez alinhados conscientemente com ela, e atentos ao seu potencial, conseguimo-nos nutrir e restabelecer.

A animação da vida acontece em todos estes planos em simultâneo. Cada plano de consciência é inspiração para todos os outros e emana várias ferramentas para que possamos tornar-nos conhecedores por experiência. As doenças que transportamos podem surgir de qualquer um dos planos do quaternário e manifestar-se por entre o espectro da personalidade. Assim através da sintonia em determinadas frequências correspondentes a cada plano, conseguimos aceder e compreender como e onde curar, ou instruir uma intenção de cura que depois pode ser complementada com as diversas práticas medicinais, terapêuticas e farmacológicas. Alguns indivíduos podem fazê-lo de forma autónoma por sabedoria, outros com ajuda de terapeutas e as diversas terapias que promovem a cura, o alinhamento e o restabelecimento energético equilibrado da saúde.

Na prática, a meditação como método de cura, é uma aprendizagem também de auto-observação. Livre de julgamento e apego, onde vemo-nos vivenciar toda a nossa a experiência vista de cima e à distância, sem que estejamos imersos, aprisionados, dentro da nossa mente e em cada plano de aspecto. Desenvolvendo uma perspectiva mais clara, ampla e abarcante sobre a ação nos 7 planos e toda a sua articulação anímica de vida.

Na prática meditativa pode sugerir-se que o posicionamento da mente fique no Antankarana (relação mente inferior – mente superior) de forma a que toda a própria personalidade possa ser vastamente observada, e desse modo limpa de julgamentos e de apegos,  possa inspirar, ou até mesmo redesenhá-la. Padrões devem ser ultrapassados.

Deste ponto de expansão que é o Antankarana, através da mente focalizada no seu estado superior (Manas) e consecutivamente na trindade, conseguimos observar os 4 planos da personalidade abaixo e exercer uma influência inspirada directamente pelo Amor e compaixão infinita, uma iluminação da unidade, desdobrada na trindade.

Portanto, apesar de estarmos polarizados no plano físico, podemos desenvolver e aplicar métodos eficazes de auto cura em qualquer um dos planos de personalidade observados ou vários e/ou recorrer a terapeutas que nos equilibrem num processo de cura, ou nos ajudem a guiar pelo nosso restabelecimentos energético. O indivíduo passando por este processo, expandirá a sua consciência e sabedoria sobre si próprio e sobre o todo, permitindo reprogramar-se e curando feridas, dores, doenças originárias no plano mental inferior e nos outros subsequentes. A reprogramação/programação acontece educando/reeducando a nossa própria mente para se focalizar e ampliar estados de bem-estar, harmonia, alegria e amor num determinado aspecto “doente” que se manifestou em determinado plano, e analogamente no todo.

Viver o estado de espirito, em verdade, segundo esta perspectiva, é alinhar a nossa personalidade ao amor próprio que transporta os mais altos valores de sabedoria, o Amor e a Compaixão, capazes de curar e harmonizar nossos corpos.

COMMENTS

myholystic Logo

Reviews

View All

Top